5-praticas-que-vao-te-ajudar-a-medir-a-qualidade-da-sua-escola

5 práticas que vão te ajudar a medir a qualidade da sua escola

Trabalhar com o ensino e a educação são tarefas desafiadoras e que demandam tempo e preparo. Agora, como é estar à frente dos alunos, pais e professores? Quem conhece essa rotina agitada sabe quais são os problemas e causas. E, para auxiliá-lo, separamos 5 práticas para medir a qualidade da sua escola.

Cuidar da gestão e dos indicadores de uma escola não é um trabalho fácil. Mais do que estar focado no conteúdo que é ensinado aos alunos, é preciso compreender o que está sendo feito da forma correta e o que pode mudar para melhorar o rendimento.

Entretanto, na maioria das vezes, não aprendemos esses ensinamentos na faculdade ou ensino superior, e temos que compreender com a experiência como esses números fazem a diferença dentro e fora da sala de aula.

Afinal, o momento em que o professor está com o aluno é apenas uma parte desse processo de formação, mas há muito mais por trás de tudo isso.

Ficou curioso? Quer saber mais? Então confira quais são as 5 práticas que vão ajudá-lo a medir a qualidade da sua escola.

A rotina escolar

Antes mesmo de mencionar quais são as dicas e como cada uma delas pode influenciar nos índices escolares, é fundamental oferecer um contexto da rotina escolar.

Muitos gestores que cuidam de todo o processo de ensino acabam ficando sobrecarregados com todas as atividades e ações que precisam ser realizadas.

Pensar no bem-estar dos professores, oferecer um acompanhamento para os profissionais, pensar em um plano de carreira, cuidar dos alunos, estar preparado para atender os pais e responsáveis e planejar uma trilha de conhecimento são só algumas das atividades que devem ser realizadas.

É claro que todos esses pontos mencionados acima são quesitos que podem ser planejados, mas você já parou para pensar em quantas coisas não planejadas acontecem durante o dia?

Em uma escola que recebe crianças menores, por exemplo, é comum que algumas se machuquem durante a prática de atividades físicas. E, nesse caso, é fundamental que toda a equipe esteja preparada para atender o aluno, oferecendo os primeiros cuidados.

Esse também é um ambiente onde surgem alguns desentendimentos e todos os profissionais precisam estar orientados para aconselhar os envolvidos, independentemente do caso.

Esses são alguns dos exemplos de situações que podem surgir durante o dia a dia, mas sabemos que existem diversos problemas em um ambiente escolar.

Portanto, para encontrar a solução de todos esses embates, é preciso que haja tempo para pensar e executar ações que diminuam esses imprevistos.

Mas, na maioria dos casos, acaba faltando esse tempo, não é mesmo? Então confira a lista que separamos para você!

5 práticas que vão te ajudar a medir a qualidade da sua escola

A comunicação como parte do processo

Essa é a primeira dica, uma das mais importantes para ter o resultado esperado: é preciso de comunicação!

Muitas empresas e instituições de ensino acabam passando por dificuldades por não manter uma boa comunicação entre gestores e colaboradores.

Agora, imagina como esse problema pode afetar aqueles que atuam em uma escola? Já é possível visualizar que isso pode impactar nos alunos e nos pais, não é mesmo?

Por isso é importante pensar em mecanismos de comunicação que estejam abertos para atender todos os profissionais, desde os professores até os auxiliares.

LGPD entenda como ela modifica a dinâmica nas instituições de ensino

Pense em conversas para manter todos engajados, além de saber quais pontos estão agradando e o que a escola pode mudar para tornar o espaço mais convidativo e atraente para todos os envolvidos.

Você pode pensar em soluções que incluem rodas de conversas, brincadeiras e até mesmo um sistema de comunicação interna. O que vale é saber que todos vão fazer parte disso.

Pense em quem importa

É claro que os profissionais precisam estar satisfeitos com o trabalho para garantir um bom ambiente. Mas os alunos também fazem parte do processo!

Com a correria do dia a dia, é normal que muitas escolas deixem de pensar no bem-estar do aluno, fator que pode impactar todos os envolvidos.

Então, tenha sempre um tempo para pensar em atividades que podem ser destinadas aos alunos, seja para conhecer novas informações ou até mesmo para aproximar os estudantes e professores.

É fundamental que eles saibam que estar na escola não é algo ruim, mas sim um momento de descoberta e aprendizado.

Portanto, é fundamental que exista aquele sentimento de querer fazer parte de tudo isso.

Equilibre as contas

Essa é uma das 5 práticas que vão te ajudar a medir a qualidade da sua escola. Quanto a instituição está gastando por mês?

Muitos acreditam que essa relação de gasto e lucro não diz nada, apenas aponta o saldo bancário no fim do mês.

Entretanto, não é preciso de muito para compreender que quem apresenta esse pensamento está equivocado, não é mesmo?

Estar atento aos gastos da instituição pode ser um indicativo do que precisa mudar e até mesmo do que está bom.

Assim fica mais fácil guardar dinheiro para ocasiões futuras ou até mesmo investir em algo que seja capaz de melhor o dia a dia de todos.

Como está a proximidade com os pais?

Esse é outro indicativo fundamental, mas que pode não fazer parte do dia a dia de todas as escolas.

Mais do que saber o que os alunos estão falando da escola, é preciso saber o que os pais estão dizendo sobre o ensino!

Então, procure manter os pais próximos da instituição, participando das decisões e mencionando o que pode ou não mudar. Ninguém melhor do que eles para opinar, não é mesmo?
Não perca tempo e comece a pensar em ações para aproximar os pais da sua escola agora mesmo. Você verá como isso pode fazer a diferença ainda nos próximos meses.

Um software de gestão

Para que você tenha tempo de pensar em todas essas práticas e soluções, é fundamental contar com o auxílio de um software de gestão.

Essa é uma opção que vai facilitar os procedimentos mais robóticos da análise, como a avaliação das notas e despesas, enquanto você fica com tempo disponível para pensar nas pessoas e nos processos. Essa pode ser uma ótima solução, não é mesmo?

Gostou de conferir as 5 práticas que vão te ajudar a medir a qualidade da sua escola? Está com alguma dúvida?

Então aproveite para conversar com a nossa equipe de consultores e tire todas as suas dúvidas agora mesmo. Será um prazer ajudar você e a sua instituição de ensino.

planejamento escolar

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.