aprendizagem baseada em problemas

Entenda como aplicar a aprendizagem baseada em problemas

ideias ano letivoPowered by Rock Convert

Tendo o surgimento no final dos anos 60, em universidades como a MCMaster e a Maastricht — no Canadá e Holanda, respectivamente —, o método de Aprendizagem Baseada em Problemas defende a ideia de que um ensino de qualidade deve relacionar desafios e suas soluções.

A proposta pedagógica chegou ao Brasil há pouco tempo, mas já tem dado o que falar. Quer entender mais sobre esse método? Então, fique atento à leitura de hoje e fique por dentro do assunto!

O que é Aprendizagem Baseada em Problemas?

Considerando os principais pilares da Aprendizagem Baseada em Problemas, é possível garantir uma noção maior sobre o método. Entre todos eles, podemos citar os principais pilares:

  • ênfase superior no desenvolvimento cognitivo do aluno;
  • organização das aulas baseadas em problemas e não em disciplinas;
  • integração disciplinar;
  • combinação entre teoria e prática;
  • abordagem incentivando o aluno a aprender por si mesmo.

Você perceberá, ao longo desta leitura, que o aluno deixa o papel de receptor-passivo de lado e passa a ser o foco do ensino. As mudanças do tradicional não param por aí: a exclusão das barreiras disciplinares e diversos outros pontos da ABP conseguem demonstrar a possibilidade de uma nova visão de escola e processos pedagógicos.

Como posso incluir o método na sala de aula?

Para aplicar o método de aprendizagem baseada em problemas deve-se repaginar todo o planejamento e currículo escolar. A equipe pedagógica deve focar em ofertar experiências (advindas da vida do aluno ou de pesquisas externas) a fim de fazê-lo construir um caminho em direção à resolução da problematização apresentada.

Veja agora um pouco mais sobre as atualizações necessárias para relacionar o ABP na sua escola!

Currículo repaginado

A maneira clássica de dividir a grade curricular em disciplinas fica de lado, com a ABP em foco, os tópicos a serem resolvidos são agrupados de acordo com temáticas e áreas de conhecimento. Dessa forma, as unidades temáticas são divididas em temas, que são apresentados como problemas pertinentes e que exploram as capacidades dos alunos.

Problematizações discutidas

Eis aqui um dos principais obstáculos para a adoção do método: as formulações dos problemas. A composição deles pode agregar uma ou mais questões, desde que estejam alinhados com a temática pré-definida. O problema deve ser apresentado de forma simples e direta, como um desafio para a classe.

Mudança na organização da sala de aula

Semelhantes aos estudos de caso, antes de serem apresentados os problemas, o aluno deverá estudar, individualmente, o tema proposto. Só depois de uma boa introdução, criando experiência e autoridade sobre a questão, é que os alunos passam a se organizar em grupos.

Justamente para reforçar a ideia de que o pensamento de cada um faz a diferença e que, por isso, todos devem participar, o grupo não pode ser muito grande — o recomendado é juntar, no máximo, 10 alunos por equipe. A interpretação dos assuntos lidos e vivenciados (na medida do possível) será o principal ponto para o debate e encontro das soluções procuradas.

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

Quais são as vantagens em aplicar a Aprendizagem Baseada em Problemas?

Ao incluir o método ABP na sua escola, se torna ainda mais possível perceber os pontos que podem ser trabalhados em cada aluno como, por exemplo: cada integrante está se relacionando com o grupo? Qual é o avanço da equipe? Como cada estudante lida com as problematizações?

Sabemos que o papel dos educadores conversa diretamente com as missões de orientar e criar um terreno sadio para um processo evolutivo dos alunos. Tendo isso em mente, observe as outras vantagens da Aprendizagem Baseada em Problemas:

  • estímulo de motivação e criatividade;
  • melhorias no relacionamento em grupo;
  • desenvolvimento de pensamento crítico, capacidade de decisão, argumentação e análise;
  • promoção de conhecimentos inovadores e novos saberes etc.

Buscar a inovação nos métodos de ensino da sua escola é sinônimo de uma instituição que se preocupa com o crescimento constante dos alunos. Agora que você já conhece a proposta da Aprendizagem Baseada em Problemas, vale a pena continuar a pesquisa sobre as tendências de ensino, não acha?

Você já ouviu falar sobre Escola Híbrida? Então, leia nosso post sobre o assunto e descubra mais sobre uma nova maneira de ensinar!

Guia da Consultoria de Software EducacionalPowered by Rock Convert
Powered by Rock Convert

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.