Interdisciplinaridade na escola: entenda sua importância e como aplicar

ideias ano letivo

Preparar o aluno com todo o conhecimento que precisa para viver na sociedade moderna é um conceito que se aprimora cada vez mais. Não modernizar a sua abordagem pode fazer com que a sua escola falhe nessa missão. Você já cogitou trabalhar com interdisciplinaridade em seu ensino?

A interdisciplinaridade se torna possível, já que o conteúdo transmitido pelas escolas tem conceitos e ideias que se integram de forma natural, já que partem de ciências comuns. No entanto, tradicionalmente se consolidou um modelo que prega a fragmentação desse material, mantendo suas disciplinas bem separadas sem oportunidades de conexão.

Essa não é apenas uma forma de aprimorar o processo de aprendizagem na sua escola, já que também é algo totalmente alinhado às expectativas e tendências da Educação. Para que a sua instituição de ensino continue alinhada à formação de alunos capacitados para o mundo moderno, é fundamental se familiarizar com essa ideia.

Quer saber mais? No artigo a seguir, você entenderá melhor o que é interdisciplinaridade, como ela pode beneficiar a sua escola e de quais formas implantá-la. Boa leitura!

O que é interdisciplinaridade?

O termo interdisciplinaridade se refere a estabelecer conexões entre duas ou mais áreas do conhecimento. Para uma escola, é algo que envolve a ideia de conectar múltiplas disciplinas para que a qualidade da aprendizagem seja enriquecida em conjunto, com um tema complementando o outro.

Dessa forma, trabalhar com foco em interdisciplinaridade envolve resgatar as conexões entre esses temas. Um contexto histórico de uma teoria química pode ter raízes na Física, assim como influências geográficas influencia o estudo da Matemática em determinados casos.

Cabe aos professores enxergarem essas oportunidades e aproveitá-las. A escola também precisa ceder espaço para que essas conexões ocorram ao integrar seu corpo docente adequadamente.

Por fim, é importante reforçar a distinção desse para outro termo, a multidisciplinaridade. Ela se refere a analisar um mesmo tópico ou tema sob a ótica de várias disciplinas diferentes. Dessa forma, cada professor pode abordar um mesmo assunto sem fazer ligações diretas com outras disciplinas.

Por que a interdisciplinaridade é importante na Educação?

A interdisciplinaridade como conceito tem como objetivo tornar o conhecimento mais significativo e plural. A aprendizagem também é fundamentalmente aprimorada, tornando-se mais ampla e útil para a formação de alunos mais completos e preparados.

Com um ensino fundamentado na interdisciplinaridade, é possível desenvolver projetos que rompam com as barreiras artificiais criadas entre as áreas do conhecimento. Tanto alunos quanto os próprios professores tendem a ganhar com essa integração, que oferece novos olhares a antigos temas e ajuda na compreensão dos demais.

Vale lembrar que, segundo a Lei de Diretrizes e Bases do Brasil, o ensino das escolas deve ser capaz de preparar o aluno não só para o Ensino Superior como também para viver de forma apta em sociedade. Isso exige pensamento crítico e repertório que a interdisciplinaridade pode oferecer em uma boa dosagem.

Em resumo, adotar a interdisciplinaridade na Educação traz benefícios como:

  • um aprimoramento na qualidade da aprendizagem;
  • levar os alunos a rever conceitos e preconceitos;
  • estimular o pensamento crítico e o protagonismo dos alunos;
  • ampliar a visão dos educadores sobre os tópicos abordados;
  • proporcionar uma aprendizagem de mais qualidade, levar os alunos a rever conceitos e preconceitos, estimular o pensamento crítico, ampliar a visão dos educadores sobre os tópicos abordados

Como aplicar a interdisciplinaridade na escola?

Tendo em vista os benefícios que o trabalho com interdisciplinaridade pode trazer para a sua instituição de ensino, resta entender como implantá-la em seus processos de aprendizagem. Afinal, não se trata de algo que deve ser apressado ou feito de maneira superficial.

Conheça, a seguir, os passos fundamentais para implantar a interdisciplinaridade no ensino da sua escola.

Faça planejamentos conjuntos

Para que a interdisciplinaridade passe a fazer parte do seu dia a dia, ela deve estar contida no seu planejamento escolar. Ou seja, ele deve ser elaborado já tendo a ideia de integrar áreas do conhecimento desde a sua concepção.

Esse esforço também requer a participação ativa do seu corpo docente sob a ótica da interdisciplinaridade. Cada professor deve ser capaz de enxergar pontos de conexão entre as suas disciplinas para construir um planejamento de forma verdadeiramente conjunta e integrada.

Felizmente, esse processo será cada vez mais fácil conforme você e sua equipe se acostumam com essa nova forma de trabalhar. A estrutura de planejamentos conjuntos anteriores poderá ser usada de base para novas abordagens e, assim, otimizar o seu tempo e garantir bons resultados para os seus projetos.

Tenha abertura para flexibilização

A interdisciplinaridade somente se desenvolve quando há flexibilidade. Ter um modelo rígido é o que causou a fragmentação que ainda é nítida em várias instituições de ensino. Portanto, você e seu corpo docente precisam ter abertura para flexibilizar a forma como trabalham.

Isso vai além da elaboração do planejamento conjunto destacado no item anterior. É algo que exige flexibilidade durante a aplicação dele, em sala de aula. Cada professor deve estar sempre em busca de oportunidades para relacionar assuntos e integrar seus temas com os dos colegas.

Um exemplo disso é usar acontecimentos do noticiário para relacionar as disciplinas da sua escola. Essas ocorrências raramente são antecipadas em um planejamento, mas é necessário ter abertura para flexibilizar a sua abordagem e integrá-las quando prudente.

Foque na formação continuada

Como a interdisciplinaridade depende bastante da capacitação dos seus professores, a formação continuada precisa ser uma prioridade em sua escola. É fundamental conectá-los aos saberes desejáveis para que seja possível planejar e executar projetos desse tipo.

Sem esse reforço de qualificação, por mais que a administração escolar acredite na ideia da interdisciplinaridade, ela dificilmente conseguirá se desenvolver. Cada integrante do corpo docente precisa estar em um processo de plena atualização para sempre contribuir positivamente para a formação de seus alunos.

Isso não descarta a importância de ações voltadas especificamente para o conceito de interdisciplinaridade dentro da sua escola. Ao desenvolver esse aspecto da formação continuada de maneira interna, será possível garantir a abordagem mais adequada para as necessidades da sua instituição de ensino.

Voltar o foco da sua escola para a interdisciplinaridade é algo que pode trazer inúmeros benefícios para a aprendizagem em sua instituição de ensino. Inspire-se nas informações deste artigo para implantar um processo de renovação em sua escola e contribua para uma formação cada vez mais completa de seus alunos.

O que achou do conceito de interdisciplinaridade? Se curtiu o artigo, aproveite para compartilhá-lo em suas redes sociais!

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Guia da Consultoria de Software Educacional

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.