rea

O que é REA e quais seus benefícios?

ideias ano letivoPowered by Rock Convert

Com o avanço dos modelos de aprendizagem e ensino, cresce a discussão sobre REA. Para quem atua na área da educação, ficar por dentro das tendências é fundamental, especialmente quando elas trazem novos horizontes para o aprendizado dos alunos e desempenho dos professores.

O REA representa uma ferramenta poderosa de transformação na forma de produzir, compartilhar e rever os conteúdos educacionais. A seguir, vamos explicar o que é REA, quais são suas vantagens e como você pode acompanhar essa tendência. Que tal se inteirar sobre o assunto? Continue conosco nessa leitura!

O que são Recursos Educacionais Abertos?

REA é a sigla para Recursos Educacionais Abertos. São materiais que funcionam como ferramentas de inovação para os processos de ensino-aprendizagem. O conceito diz que esses recursos podem ser classificados como materiais para ensinar, aprender e pesquisar, em qualquer formato e sob domínio público.

Apesar de não ser formado apenas de conteúdo digital, o REA é facilmente encontrado nesse formato, tendo em vista a facilidade de produção e compartilhamento online. Na prática, os recursos educacionais são cursos, módulos, livros, pesquisas, artigos, vídeos, softwares, imagens, testes e tantos outros materiais possíveis.

Quais são os benefícios do REA?

O grande pilar do REA é a democratização dos materiais. Quando você deixa as produções “em código aberto”, abre espaço para que diversas pessoas acessem. A principal ideia do conceito é a licença de uso, que é livre. Assim, a utilização dos conteúdos é bastante flexível. Vejamos a seguir as principais vantagens do REA!

Compartilhamento dos materiais

O compartilhamento dos materiais didáticos estimula o acesso, a colaboração, a criatividade e melhora a produtividade do aprendizado. Isso vale para educadores que se engajam em criar conteúdos que estarão em domínio público e podem ver o conhecimento se espalhando sem maiores problemas ou dificuldades técnicas.

Além de criar, os educadores podem utilizar e adaptar o materiais de outros autores originais. Nesse sentido, o compartilhamento é uma ferramenta poderosa, tanto para quem atua na pedagogia quanto para consulta da comunidade. O universo digital é, sem dúvida, um facilitador nesse sentido: qualquer um de qualquer lugar pode participar.

Adaptação por nível de aprendizagem

A adaptação do material didático também é uma das riquezas do REA. Um professor de uma determinada disciplina, como português, pode optar por conteúdos que agreguem valor ao conhecimento das expressões idiomáticas locais, em vez de se atentar apenas à norma culta padrão.

Outro ponto benéfico fundamental nesse recorte é que o educador tem a possibilidade de adaptar o material por nível de aprendizagem, não aplicando um material insensível às camadas de conhecimento cujos alunos podem estar passando. Assim, a educação se torna personalizada, garantindo mais atenção às necessidades específicas de cada um.

Participação do corpo discente

O engajamento e a colaboração não precisam ficar apenas no corpo docente: os alunos também podem participar e agregar valor ao conhecimento por meio de suas mídias, métodos e linguagens. Sendo assim, o REA abre espaço para que haja essa interação, de forma que alunos participem da construção do saber.

As pessoas estão cada vez mais transformando conteúdos densos e em formatos padronizados em mídias diversas e interativas. Isso é bom para a assimilação, principalmente entre as novas gerações. Então, por que não compartilhar o material e deixar que quem quiser diversificá-lo coloque isso em prática? Incentive essa atitude!

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

Como produzir um REA de qualidade?

O primeiro passo para produzir REA é buscar recursos. O que você tem para compartilhar ou o que viu por aí que que tem licença de uso e pode ser proveitoso? Faça uma reunião desses elementos. Depois de “passar o pente fino” nos materiais, é hora de iniciar a criação do seu REA. Vejamos a seguir algumas orientações!

Criação dos conteúdos

Nesse momento, com os materiais reunidos e o conhecimento afiado, você pode escolher por adaptar o que já existe ou utilizar como base para começar a sua produção do zero. É possível corrigir conteúdos, adicionar informações, fazer textos, ilustrar, mudar o formato, enfim, una objetivo e criatividade nessa etapa.

Além disso, nada impede que o material seja resultado de um projeto participativo com professores e outras colaborações. Se você tem a oportunidade de abordar uma temática sob diversas óticas, que tal tomar a iniciativa nesse projeto?

Chame seus colegas e peça para que cada um contribua com a sua especialidade. Assim, um material interdisciplinar de qualidade pode surgir!

Utilização dos materiais

Planeje a utilização do seu REA. Lembre-se de que a ideia não é armazenar os materiais e mantê-los restritos, mas disponibilizá-los para livre acesso. Sendo assim, além de utilizar os conteúdos produzidos nas aulas, incentive outros profissionais a fazer recortes e inserir outros contextos e temáticas, deixar em exposição, distribuir cópias etc.

Também não deixe de apresentar a ideia e os conteúdos em eventos, como reunião de educadores, palestras, entre outros momentos em que julgar adequado. Outro ponto fundamental é a disponibilidade na web. Colocar os materiais online ajuda a aumentar o alcance e, consequentemente, a colaboração.

Compartilhamento do REA

Para quem faz gestão pedagógica, é interessante pensar na opção de desenvolver um espaço para que o corpo pedagógico, junto com alunos e toda a comunidade, produza e disponibilize conhecimento. É uma das melhores maneiras de usar tecnologias na escola.

Falando um pouco sobre o compartilhamento do REA, além das suas redes sociais e grupos online, há plataformas especializadas nesse tipo de discussão e reprodução de conteúdos. Elas disponibilizam materiais em português, totalmente liberados para uso. Você pode pesquisar e fazer parte das comunidades. Veja alguns exemplos:

  • Escola Digital;
  • Edukatu;
  • Educopédia;
  • Currículo+;
  • Wikimedia Brasil;
  • Scielo Books;
  • Matemática Multimídia etc.

Já existem iniciativas nesse sentido, então vale a pena estudar a possibilidade de centralizar conteúdos e compartilhá-los no portal da sua escola. Lembre-se de que o mais importante é a questão de licença de uso, além da qualidade do REA e a organização.

Metodologias pedagógicas inovadoras podem representar um ótimo diferencial competitivo. Para conhecê-las, você precisa se manter em dia com as novidades. Assine a nossa newsletter e tenha acesso a conteúdos e insights exclusivos sobre educação!

Guia da Consultoria de Software EducacionalPowered by Rock Convert
Powered by Rock Convert

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.