Entenda o que é Peer Instruction e como aplicar a metodologia no ensino

ideias ano letivo

A Peer Instruction (Instrução em Pares) é um método ativo de aprendizagem que tem como objetivo inovar a abordagem teórica do conteúdo em sala de aula. Eric Mazur, professor de física de Harvard, percebeu que seus estudantes estavam com problemas de rendimento. Com base em observações feitas em suas aulas, notou que o ensino estava sendo baseado em forma de palestras — ou seja, o professor fala e os alunos apenas escutam.

Pensando nisso, diante de um grupo de alunos com dificuldades para entender determinado conteúdo, o professor teve uma ideia e sugeriu que eles discutissem sobre o assunto. É dessa forma que o Peer Instruction funciona, o professor propõe um conteúdo para discussão entre os estudantes.

Com isso, ele faz o direcionamento e esclarecimentos sobre o assunto e uma análise com base no desenvolvimento dos alunos. Assim, consegue definir o próximo passo para melhorar o rendimento deles. Dito isso, aprenda agora como aplicar esse método em sala de aula!

Prepare os alunos antecipadamente

É importante preparar os alunos antecipadamente, disponibilizando uma atividade para casa na qual eles possam estudar o assunto da aula e chegar à sala mais bem preparados. O professor deve disponibilizar o material preparatório para esses estudantes para serem lidos fora do horário de escolar. Eles poderão acessar esse material por meio de conteúdo físico ou no ambiente digital.

Revise os conteúdos

O momento de revisão do conteúdo acontece no início da aula. É uma forma de introduzir o conteúdo, abordar conceitos técnicos e rever o que foi estudado previamente. Apesar de existirem várias abordagens inovadoras para a sala de aula, ainda será necessária, nesse primeiro momento, a aplicação de conceitos por meio de uma aula expositiva.

No entanto, a Peer Instruction entra como uma forma para esses alunos absorverem o conteúdo.

Faça perguntas

Após o primeiro momento da aula, o professor faz algumas perguntas para os alunos com diferentes níveis de dificuldade. De acordo com as respostas, ele continua explicando os conceitos e problemas abordados. Em seguida, por meio de um teste conceitual (concept tests), os alunos refletem e opinam sobre o conteúdo. Com base nessa última discussão, eles repensam sobre o que leram e reelaboram suas interpretações.

Avalie as respostas

A avaliação das respostas consiste na análise de erros e acertos. Para uma taxa de acerto acima de 70%, o professor faz apenas uma conclusão sobre o conteúdo abordado. Se a taxa de acertos for entre 30% e 70%, o conteúdo é passado novamente e os alunos devem discutir entre si sobre o motivo das escolhas das respostas. Dessa forma, são estimulados para a construção e fixação do conhecimento sobre aquela matéria.

Proponha um debate

O debate é importante para que os estudantes tenham a oportunidade de expor suas conclusões com base no que foi estudado. É importante que eles comentem de forma individual e em pequenos grupos. Após esse debate, os alunos devem fazer um novo teste conceitual. Consequentemente, é esperado que a quantidade de acertos aumente.

Utilize fontes primárias, ofereça feedbacks constantes aos alunos e dê espaço para os alunos colaborarem. A Peer Instruction é uma forma de promover o engajamento em sala de aula, desenvolve uma postura proativa, inova com as metodologias ativas e o ensino híbrido. Tudo isso são boas práticas para o ensino-aprendizado do século XXI.

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.

Acompanhe nossos conteúdos diariamente: curta nossa página do Facebook!

Guia da Consultoria de Software Educacional

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.